sexta-feira, 9 de março de 2012

E aí, qual será a sua "Última Parada"? Fatos reais...

  Antes de pregar para ele que já sabia que eu era cristão, fui bombardeado por acusações contra a igreja, pastores etc. Não perdi tempo e repreendi a entidade que estava nele e com isso saiu correndo para longe de mim.
  Não fui omisso, preguei para ele... falei do amor de Cristo morrendo por nós na cruz do calvário e fui agredido com palavras. Disse que o amor verdadeiro é entre um homem e uma mulher e ele se fez de bobo dizendo que amor é amor não importa com quem.
 Disse a ele que as entidades do candomblé e umbanda não passam de demônios que vieram para roubar, matar e destruir mas ele ignorou e dias depois estava no cemitério fazendo seus "trabalhos" e suas "obrigações". Eu expliquei claramente que sua opção sexual era em função da ação dessas entidades a quem ele servia mas, novamente, virou as costas para a verdade.
  Sempre o tratei com respeito...
   Na última vez que estive na empresa onde ele trabalhava, me sentei na mesa ao lado para trabalhar e coloquei a minha Bíblia em cima da mesa sem querer provocar, afinal não posso negar ao Cristo que me resgatou. Ele se levantou e na mesma hora pediu demissão.
   Preguei, mostrei o amor de Deus em enviar Jesus para morrer por nós e a importância fundamental de recebermos a Cristo como Senhor e Salvador de nossas vidas. Mas Deus não pode decidir pelo homem, lhe deu livre arbítrio e, infelizmente, ele escolheu o mal.
   Hoje de manhã... morreu em decorrência da AIDS...
   E aí? A quem você tem servido?
   Um dia todos nós daremos conta diante de Deus de nossas vidas... e o caminho que percorremos levará somente a um dos dois últimos pontos: o céu ou o inferno.
   Como conhecedores da Palavra de Deus precisamos saber que o julgamento para quem conhece e negligencia será pior do que para os ímpios.
   E aí, qual será a sua Última Parada?
   Fatos reais, hoje recebi essa notícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário